SCENE REPORT > CENA METAL DE SÃO LUIS


Cheguei em São Luís no final de 2008 e a primeira coisa que registrei foram alguns cartazes de shows de metal amontoados em uma parede no Centro Histórico! Eu pensava que iria encontrar apenas reggae e tambores em todo canto, mas o metal também estava muito presente na cidade e logo fui aos eventos conhecer os seus criadores. 

Eu vi um caldeirão de excelentes bandas, poseragens sem fim, escassos locais para shows, pseudos entendedores e reais Bangers que jamais deixarão apagar a chama negra do Metal Ludovicense! A banda CRANIUM CRUSHING já está pronta para entortar pescoços de todo o país com seu Death Metal anti-cri$tão. TANATRON retornou de um hiato e relançou a demo Trivial Chaos, alcançando boa repercussão e novos fãs. Também lançaram um clip oficial muito bom! O FLAGRVM é daquelas bandas que, depois que você presencia um show, não quer perder mais nenhum. É Death Metal de primeira e trazem o Grindcore na bagagem.

E continuando na linha Death Metal mas com pitadas convincentes de Black Metal, temos o poderoso trio da BLACKEST EXECRATION, banda nova que com sua demo de estreia vêm se firmando a cada evento! O DEMONIC HATE, que apesar de também ser nova, traz integrantes experientes e aplicam com perfeição o ataque ao cri$tiani$mo com seu primeiro registro chamado ´Kill The Enemy`. CARNAL THRONE, que está parado no momento, poderia lançar algum registro, que seria muito merecido! DILACERATE CHRIST com seu poderoso ataque sonoro, tocou poucas vezes nesse último ano, mas possui uma demo bem consistente! E diz a lenda que a grande banda CREMADOR, possivelmente retornará de seu sono profundo e assolará os tímpanos mais desavisados.
Fora da capital temos a banda MORTOS, da cidade de Imperatriz, que faz um Brutal Technical Death Metal de qualidade e estão com o terceiro trabalho na agulha! A banda UNBORN, também de Imperatriz, logo lançará seu segundo artefato. Os caras gravaram uma música para o tributo ao HEADHUNTER D.C. que sairá ainda esse ano! Também merecem citação as bandas INFAMY, DESTERRO, VIOLENT e BRUTAL DISHARMONY, de Imperatriz, além da PERPETUAL DISASTER, de Açailândia. Vale a pena conferir.
O Thrash Metal ganhou bastante força nos últimos anos com algumas bandas novas como ATTOMIK WAR (uma das melhores dessa nova safra), TORTURIZER, ARISE e LETHAL CROSSING. Essa última traz uma garota que impõe respeito ao estilo! Ela é a vocalista e guitarrista da banda. Houve um show mais recente que fiquei sabendo que ela estava na bateria e fazendo os vocais! A demo está simples, crua e deliciosa de ouvir.
A banda SERIAL KILLER é das antigas e conceituada no meio! Voltaram depois de algum tempo parados. Com um novo vocalista, fizeram uma demo bem trabalhada; tanto na parte sonora quanto na arte gráfica! Esse registro ainda não saiu oficialmente porque a banda parou novamente... Enquanto isso nós esperamos que as coisas se resolvam e o Thrash Metal que esses maníacos fazem volte com tudo! 

A JACK DEVIL é uma banda de São Luís que faz um Thrash Metal com o pé atolado nos anos 80 e conseguiu voar muito alto nesses últimos meses! Em meio a muitas críticas e falatórios, os caras continuam arrastando uma legião de novos fãs; lançaram seu primeiro álbum e já estão negociando com uma grande gravadora.
Eu não estava lá, mas eu li uns escritos do saudoso Joacy Jamys, indicando a banda AMNÉSIA como a primeira de hardcore na Ilha. Citou também a crueza punk-HC da banda FOME e a ESTRAGO, banda Punk em que ele era o vocalista, além de uma porrada de bandas que eu até então desconhecia.
Falou das bandas ÁCIDO e LÚGRUBE, indicando essa como a primeira de Thrash formada em São Luís! INCÚRIA HC, ESGOTO, VÔMITO DE PADRE, RAISER DEATH, REVERTÉRIO, BLACK HOLE e MASCAPOTÓ foram algumas outras citadas. E eu estou em busca de cópias desses materiais.
E o ÂNSIA DE VÔMITO, banda antiga de Grindcore, inicialmente formada no Maranhão e que se estabeleceu no Rio de Janeiro, fez dois shows memoráveis na Ilha durante o tempo que fiquei por lá.
O Hardcore/Punk da COMPORTAMENTO ESTRANHO é porrada e diversão pura enquanto que o Crust/Grind nas duas demos lançadas pelo PK-TRAUMA me faz querer ver mais bandas como essa surgindo pela cidade. STARVATION tem uma sonoridade que mistura Punk, Thrash e Crust! É coisa boa! E o HC/Fastcore dos FILHOS BASTARDOS tem uma pegada cativante e presença de palco fenomenal! Após três ótimas demos, o trio se prepara para lançar seu mais novo trabalho que sairá em cd e em vinil 7”! CAVEIRAS BUCHUDAS faz um Rock ´n Roll matador com letras divertidas e shows sempre lotados! METALHOLIC e BERÇO DE JUDAS são dois exemplos de bandas que trazem novamente o heavy metal tradicional aos palcos de São Luís.
A GLOCK ADVENTURE executa um Grindcore nervoso e sempre são shows insanos! Lançaram uma demo com gravação ao vivo em estúdio que também está presente em uma coletânea brasileira. O desenho do encarte especial que vem nessa demo é impressionante! Agora estamos aguardando o primeiro CD dos caras! Nessa linha de brutalidade vem o FIM DOS HOMI, que depois de várias mudanças de integrantes, se firmaram em um festival que rolou na cidade de Rosário, MA. Foi um show muito animal aquele.
QUEBRADA VIOLENTA é apenas bateria/vocal e um berimbaixo (baixo com apenas uma corda)! Fazem um som destruidor e distorcido ao limite. Bateria alucinada e vocal dilacerado. GRAVE REAPER apresenta um Black/Speed Metal de responsa com letras bem interessantes! Possuem um material ao vivo e uma demo lançada com o singelo título: ´Sob o Martelo de Satã`... Parece que acabaram-se as cópias, mas logo terá o primeiro Cd e provavelmente com as músicas da demo incluídas.
O Black Metal sempre foi bem representado no Estado do Maranhão! As bandas possuem uma ligação muito forte com o oculto e o profano. As coisas são levadas mais à sério como deve ser nessa vertente. Muitas bandas estão paradas ou apenas hibernando, mas seus hinos ainda atingem o propósito inicial... As exceções existem em todo lugar, mas no geral, hordas como OATH, IN NOMINE SATANIS, BELLHHARAR, AVE LÚCIFER, NAMROTH BLACKTHORN, ORDO SATANI e BAALBERITH exaltam e engrandecem esse estilo de música; esse estilo de vida.
Muitos shows de bandas grandes e até internacionais já aportaram em São Luís! Cannibal Corpse já tocou naquelas terras! Mas, em contrapartida, o M.O.A. jogou um balde de água congelante em toda a dita Cena. Depois de algum tempo, recuperando-se de mais essa porrada, uma ideia que estava no papel há muito tempo foi posta em prática... Surgia assim a produtora independente Dead City, que revitalizou o movimento underground local com grandes eventos e produções guerreiras. 

Mesmo assim, após alguns sucessos e vários ´prejus`, parece que as coisas esfriaram novamente. Os grandes produtores desistiram ou deram um tempo nos shows. Uma pena. As mazelas de uma cena se repetem em todos os Estados, mas no Maranhão, por se tratar de um dos mais pobres da Federação, a coisa é um pouco mais complicada. A iniciativa privada praticamente não existe para o Metal e a segurança pública está em frangalhos. 

Então a conta sobra para os produtores locais. CD Rock, Mad Rock , Tribos Magazine, Metal Island, Basarone e Sadat Studio são alguns empreendedores que sempre ofereceram ótimos shows na cidade e atualmente o pessoal da Dead City oxigenou bastante a cena e apesar das segregações, houve um progresso. 

Sinto realmente falta de mais locais para tocar e da velha produção de fanzines que um dia São Luís teve... Depois que o Underground e o Castelo do Rock se foram e após a desativação do Circo da Cidade, sobraram o Bar do Jair, o Teatro de Bonecos, o Bar Catarina Mina e o ContraPonto (antigo Bar do Porto). Zines sobre bandas quase não existem mais na Ilha, porém, surgiu recentemente em Imperatriz o True Highlanders Fanzine [ #1 | #2 ] que está na sua segunda edição.

Os eventos de Metal na cidade de São Luís do Maranhão não podem parar! Outras vertentes mais ´suaves` do Rock possuem uma cena forte na cidade com muitos eventos e boas produções. O Metal nunca morre e disso nós sabemos... O movimento deve se reerguer em breve e uma boa indicação disso é a iniciativa do pessoal da Infernal Radio (web rádio local), e os eventos Brutalidade Sem Pena, Grindcore-Death Attack, Tötal Death e o União Metal, que vêm se firmando bravamente; além do Rosário From Metal , o Metal Chaos e O Chamado do Anticristo que sempre atraem muitos nekrobangers, inclusive de outros Estados.