JackDevil - Unholy Sacrifice (2014)

Marcus Headbanger man 
Da série: "Um dos raros momentos que me orgulho de ser maranhense".

Surgida em São Luís - MA, e tendo como ponto de partida de suas atividades o ano de 2010, a JackDevil fundada por André Nadler (vocais e guitarra) e Renato Igor (baixo), tem como objetivo principal, o resgate, a qualidade e manter vivo o velho, bom e puro Speed/Thrash Metal oitentista. Com essa postura e também já com algumas composições definidas, o time de músicos fica completo com a entrada de Filipe Oliveira (bateria) e Ricardo Andrade (guitarra) e logo em 2012 já fazem o que seria o primeiro registro da banda; a demo Under the Satan Command, a partir desse ponto a banda começa a agendar shows pelo Brasil, e se apresentaram diversas vezes com o propósito de levar seu som ao máximo de apreciadores possível, e justamente essa atitude fez o grande diferencial, e começa a ser formada uma base de fãs da banda ainda em 2010 e 2011. Já com um certo reconhecimento na cena underground da região, em 2013 a banda grava seu primeiro EP, intitulado Faster Than Evil, um verdadeiro "murro na cara" do mais puro e bem gravado Speed/Thrash Metal, mas já com algumas influências de N.W.O.B.H.M em suas cinco composições. Vale lembrar aqui, que essa mistura de Speed/Thrash Metal com algumas passagens do mais puro Heavy Metal Tradicional tem tomado bastante força no cenário underground de alguns anos pra cá, é um estilo que mantém a velocidade e agressividade do Speed Metal, junto com as riffadas e habituais características do Thrash e ainda adicionando o felling e melodias do Heavy Metal Old School, ou seja, uma fórmula fatal pra um banger de verdade. No giro de divulgação do EP Faster Than Evil mais cidades foram visitadas, e mais fãs conquistados na base da riffada literalmente. 

Em Março de 2014, a JackDevil lançou seu primeiro full-lenght, intitulado Unholy Sacrifice, que tem como temática central as obras do Mestre do Terror, Stephen King, outro destaque a parte nesta aguardada estreia é o trabalho gráfico de Ronílson Freire, uma verdadeira obra de arte para a proposta da banda, tanto capa, como também a parte interna do encarte extremamente bem trabalhados e criados a altura das composições, fazendo com que esse disco se torne um verdadeiro marco na história do Metal Maranhense. Unholy Sacrifice possui 9 músicas, sendo uma instrumental (solo de baixo) e mais Under the Metal Command como bônus. Aqui temos peso, riffadas sem fim, uma bateria precisa, baixo com uma marcação certeira e uma gravação suprema, um clima de puro anos oitenta. Unholy Sacrifice é com certeza um dos melhores trabalhos Speed/Thrash Metal da nova safra de bandas nacionais, não fica devendo em absolutamente nada a bandas do Centro-Oeste, Sul e Sudeste. Senti orgulho de ter uma banda desse nível para representar o Heavy Metal e o Maranhão nos giros Brasil a fora. Os sons que mais se destacaram pra mim após algumas audições foram Age of Antichrist (aula de riff), Vixen of Satan (numa linha mais Speed/Heavy), Insane Speed Metal (Thrash a lá Kill Em All) e Beastrider (já numa linha mais Thrash Metal Tradicional), vale salientar que o álbum inteiro é nivelado e tem em suas 9 músicas ótimas composições.

Como já frisei, apesar de ser um típico disco de Speed/Thrash Metal, esse disco me soou numa linha com forte influências N.W.O.B.H.M. sendo um atrativo e diferencial de destaque na obra como um todo. Ótimo trabalho da banda no resultado final, uma gravação com ótimo nível, instrumental muito trabalhado, muito felling e energia em todas as composições, aqui temos qualidade em alto nível. 

Parabéns André, Renato, Ricardo e Filipe por proporcionar ao público Heavy Metal, um trabalho que em geral, desde composições, artes, execução dos sons e gravação, num nível de qualidade tão alto. O disco já está disponível na versão CD. Corra atrás, trabalhe e compre o seu!!! 

Hail Insane Speed Metal...Hail JackDevil