MOA: Lamparina Produções solta nota

Quase um ano após o festival e após a divulgação de uma nota do Ministério Público do Maranhão sobre instauração de inquérito contra os promotores do Metal Open Air, uma nova nota de imprensa foi postada pela Lamparina Produções, uma das empresas responsáveis pelo evento. Leia a nota:

A Lamparina Produções, produtora nova e de grandes eventos realizados no Maranhão, como Scorpions, Circo Tyhany, Jason Mraz, Festivais de Reggae, Capital Inicial, Planet Hemp, Ira! Nando Reis, Paula Fernandes, NX Zero e tantos outros que correram dentro da normalidade, vem a público esclarecer algumas questões:
01- Foi a Lamparina Produções que na segunda feira as 09:00h da manhã que entrou em contato com a Promotora Litia Cavalcanti para apresentar todos os documentos e esclarecimentos sobre o festival. Tal ato demonstra a nossa vontade de esclarecer os fatos e reparar os danos causados aos consumidores.
02- Agimos com transparência e apresentamos a apólice do seguro do evento ao ministério público e a delegacia do consumidor para propor uma possível ação conjunta e mais eficaz a fim de buscarmos o ressarcimento das pessoas que compraram o ingresso. Toda a tramitação do seguro está sendo conduzida pelo nossa assessoria jurídica.
03- A lamparina Produções admite falhas na execução do evento, mas nenhuma delas ocasionaria o cancelamento do festival.
04- O contrato celebrado entre a Negri Concerts e a Lamparina produções foi de U$ 750.000,00 (setecentos e cinquenta mil dólares) para a contratação de 20 bandas internacionais com passagens e excesso de bagagens inclusos no pacote. E mais R$ 400.000,00 reais pela contratação da empresa para o gerenciamento do festival. O Senhor Felipe Negri recebeu exatamente R$ 1.697.695,00 ( um milhão, seiscentos e noventa e sete mil , seiscentos e noventa e cinco reais ) pelos itens acima. Desse montante, R$ 563.000,00 (quinhentos e sessenta e três mil reais) foram depositados por nós da lamparina produções. O restante foi depositado pela Ticket Brasil, empresa que vendia os ingressos, direto na conta do Sr. Felipe Negri e em contas indicadas por ele. O dólar no período do festival oscilava entre R$1,74 a R$ 1,86, a cotação do dólar foi especificada na justiça de acordo com as datas dos referidos depósitos. Portanto cumprimos o contrato na integra com Negri Concerts.
05- Estávamos cumprindo todos os contratos com todos os fornecedores na época do festival, e boa parte dos fornecedores foi paga integralmente antes do evento, em alguns casos como é praxe em eventos, pagamos 50% adiantado e o restante seria pago após os shows. Continuamos honrando na medida do possível até hoje, nunca fugiremos da nossa responsabilidade. Portanto não foi por falta de pagamento que o festival foi cancelado. Ressaltamos que possuímos todas as provas documentais que comprovam esses pagamentos.
06- Faltando 10 dias para o evento, não conseguimos concluir a parceria com quem seria o nosso maior patrocinador, patrocínio este que custearia as passagens aéreas das bandas nacionais, hospedagens dessas bandas, sinalização do parque e outras despesas menores. Com isso tivemos que fazer um ajuste emergencial e cortar algumas bandas nacionais de menor porte e eliminar também alguns gastos com a produção. Esse corte nas bandas nacionais foi um dos golpes mais dolorosos, uma vez que fomos obrigados a tirar bandas de amigos do Nordeste e da própria banda da qual o representante da Lamparina Produções fez parte por mais de 10 anos. Depois disso passamos a administrar o caos e por isso foi difícil segurar.
07- Existem outros detalhes que vão mostrar o que aconteceu no MOA. Estamos produzindo um documentário que vai explicar tudo, com fotos, imagens, depoimentos que irão ajudar as pessoas a entender a dificuldade de produzir um evento desse porte no Maranhão, principalmente quando não há incentivos.
08- Pedimos desculpas mais uma vez aos verdadeiros fãs de heavy metal pelos transtornos, que devem imaginar o tamanho da nossa frustração em não ter conseguido levar o festival até o fim, que fique pelo menos a lembrança do primeiro dia, no qual todas as bandas prometidas chegaram a tocar. Não queremos de maneira nenhuma fugir da nossa responsabilidade e honraremos nossa parte mesmo com toda a dificuldade financeira que estamos enfrentando.

Atenciosamente,
Lamparina Produções

Fonte: https://www.facebook.com/lamparina.filmeseproducoes/posts/501943219854500