Mortos - Destaque na Roadie Crew #130

Por Maicon Leite | Roadie Crew
Uma coisa que adoro no underground é poder escutar bandas novas, sejam elas do Brasil, Nova Zelândia ou Venezuela, e ver o quanto o Metal está forte, por mais que muitos falem o contrário. Enquanto modas vem e vão, há bandas que primam por fazer um som mais clássico, e no caso da banda Mortos, de Imperatriz/MA, o mais puro Death Metal da safra do final dos anos 80 e início dos anos 90, como Death, Cannibal Corpse e Morbid Angel, Os riffs, o maior destaque aqui, estão distribuídos sem só nem piedade ao longo do trabalho, alternando entre passagens mais rápidas e outras cavalgadas, soando sempre perfeitos! Outra coisa que salta os olhos pela qualidade é a parte gráfica, praticamente luxuosa, com um encarte extremamente elaborado e uma capa que é das mais legais que já vi em se tratando de demos. As cinco músicas aqui presentes transitam entre passagens rápidas e momentos mais moderados, mas mantendo sobretudo o peso, que por muitas vezes acaba faltando em gravações do gênero. E tudo isso feito por um trio, formado por André Cavaignac no baixo e vocal, Bruno Aguiar na bateria e Ruhan Saldanha na guitarra, que mostra a garra e competência neste primoroso e profissional lançamento. From Drama to Glory, The Leviaethan, Hell's Butchers, Ninety Four pieces of Flesh e A Competition for Survive devem ser escutadas com o volume no máximo, principalmente a segunda faixa, o carro chefe do trabalho e movida a riffs infernais! Preste atenção nesta banda e confira agora mesmo.

www.myspace.com/mortosdeath | brunomortos@hotmail.com